DALTONISMO


De que cor é isso? Essa é uma pergunta frequente entre os daltônicos. Imagine olhar um objeto e não saber se ele é verde ou vermelho. Pois é exatamente isso que acontece com umas pessoas que sofre de daltonismos. Este problema é causado pela falta de uma ou mais substancias na retina, sensíveis a luz, e que fazem com que uma pessoa não consiga distinguir cores e variações destas no aspeto de tonalidade.

daltonico

Descrita pelo químico John Dalton por isso (o nome daltonismo) com a incapacidade de distinção correta entre as cores verde e vermelha, este problema é resultado de uma alteração congênita, ou seja, a pessoa já nasce com ela. No entanto, após diversos os estudos, contou-se que não é só o verde e o vermelho que são confundidos visivelmente pelos daltônicos. Embora a grande maioria das pessoas que tem o problema confunda estas duas cores, a casos em que não é possível distinguir o amarelo do azul. Ambos os casos são denominados daltonismos dicromático bem mais raro é o tipo monocromático, em que as pessoas veem tudo em preto e brando, por fim a os daltônicos tri cromáticos, que enxergam todas as cores, mas podem perceber as tonalidades de modo distorcidas.

O daltonismo pode se manifestar desde a infância. Assim, muitas vezes, a criança tem dificuldade para distinguir canetinhas, lápis de cores, giz de cera, mapas, e etc. Além de acusar constrangimentos, isso pode prejudicar o rendimento escolar. O daltonismo afeta muito mais os homens do que as mulheres. Estima-se que 8% dos homens sejam daltônicos, enquanto apenas 0,4% das mulheres sofrem com este problema. Essa diferença ocorre por que a falha genética que causa o daltonismo esta ligada aos cromossomos x. Os homens contam com apenas um cromossomo x já as mulheres tem dois, ou seja, as chances de que a deficiência genética atinja dois cromossomos é bem menor do que afetam apenas um.

teste-de-vista

Infelizmente, não a tratamento ou cirurgia que possa resolver o problema de daltonismo. Mas é possível utilizar lentes de contato ou óculos que aumentam o contraste entre as cores e auxiliem o daltônico na percepção das tonalidades. Para fazer uma lente de contato ou óculos para minimizar os efeitos do daltonismo é fundamental consultar um oftalmologista, pois apenas este profissional poderá avaliar qual o grau de deficiência que o paciente tem para distinguir as cores. Vale ressaltar que a maioria dos daltônicos apresenta apenas uma deficiência com relação às cores, não tendo a visão prejudicada ou maior tendência a desenvolver outros problemas nos olhos.

Roberta Lunatic

Anúncios

Thank you for your comment, Obrigado por comentar.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s